quarta-feira, 1 de maio de 2013

Ilegalmente Bonito

Omar Al Gala

 Ilegalmente Bonito


Omar Borkan Al Gala é um jovem fotógrafo e actor, residente, pelo menos até há uns dias, na Arábia Saudita. Mas a sua beleza despertou tanta atenção, que acabou por ser expulso do seu próprio país. 
No início desta semana, ele mais dois homens foram removidos à força de um festival cultural na Arábia Saudita, após a polícia religiosa ter considerado os três homens "muito bonitos"
De acordo com o jornal de língua árabe "Elaph", os três homens foram levados para fora do festival, para um jardim por serem muito bonitos, as autoridades religiosas estavam preocupadas com as visitantes femininas, pois poderiam ficar seduzidas por eles. 

Segundo o jornal britânico "The Independent", com Omar estão outros dois jovens, amigos dele. Os três estavam num festival cultural quando foram detidos pela Comissão de Promoção da Virtude e Prevenção de Vícios da Arábia Saudita. O que estavam os três jovens a fazer para serem detidos?
Nada, apenas espalhavam beleza por onde passavam, o que fez com que fossem considerados uma tentação para o mulherio, que por consequência poderia esquecer toda a moral envolta aos relacionamentos na Arábia Saudita.


Omar Al Gala, escreveu um típico post no facebook.. “o belo” poeta, disse: "a beleza de uma mulher deve ser vista nos seus olhos, porque essa é a porta para o seu coração, o lugar onde o amor reside." 


Esta história da expulsão valeu a Omar inúmeros pedidos de casamento e milhares de novos amigos no facebook e outras redes sociais. A notícia correu o Mundo e assim que chegou às redes sociais os internautas fizeram questão de mostrar o seu apoio, tendo sido enviados milhares de pedidos de amizade ao jovem. 

Com oito mil seguidores no Twitter (cinco vezes mais do que tinha antes da expulsão) e mais de 400 mil gostos no Facebook, Omar Borkan aumentou o seu sucesso, principalmente junto das mulheres. Muitas já lhe enviaram mensagens privadas a pedi-lo em casamento. Mas os homens também não ficaram indiferentes a este fenómeno de beleza e popularidade, alguns aproveitam as redes sociais para o elogiar e ainda mostrar um quê de inveja.