segunda-feira, 20 de maio de 2013

Porto e o São João

O Porto e o São João



O Porto não é só Vinho do Porto e Futebol Clube do Porto, neste momento o Porto é uma cidade aberta ao mundo, moderna e acolhedora, tradicional e inovadora. Eu considero o Porto a cidade mais genuinamente portuguesa de Portugal. 

No dia 24 de Junho de cada ano o Porto transforma-se na cidade mais divertida que eu conheço devido em grande parte aos "martelos" de São João. 


segunda-feira, 6 de maio de 2013

Queima das Fitas - Porto 2013



Porto 2013


A história da Queima das Fitas no Porto é quase tão antiga como a de Coimbra (que teve início em 1919) pois já em 1920, os finalistas de Medicina da Universidade do Porto faziam a então chamada "Festa da Pasta", e que é considerada a origem da Queima das Fitas do Porto.

A "Festa da Pasta" era um evento com um grande espírito académico e que comemorava a passagem da pasta dos estudantes que estavam a terminar o seu curso, os quintanistas, aos que entravam na recta final, os quartanistas. Juntamente com a passagem da pasta era imposto o grelo aos quartanistas. Ao longo dos anos a "Festa da Pasta" foi-se difundindo pelas diversas faculdades da Universidade do Porto, sendo que cada faculdade tinha a sua própria festa. As diversas "Festa da Pasta" realizaram-se ininterruptamente até 1943, ano a partir do qual passou a haver uma só para todas as faculdades. 
Nesse mesmo ano de 1943, começou-se a usar o nome de Queima das Fitas, paralelamente ao de "Festa da Pasta", tendo-se realizado no ano seguinte, em 1944, ainda integrado nestas comemorações, a primeira Missa da Benção das Pastas, na Igreja dos Clérigos.
A mudança do Palácio de Cristal para o recinto da Antiga Feira Popular do Porto, junto ao Parque da Cidade e ao Edifício Transparente nos últimos 20 anos fez com que a Queima das Fitas deixasse de ser uma festa restrita aos estudantes para passar a ser o maior evento da cidade do Porto e a maior festa Académica do País.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Ilegalmente Bonito

Omar Al Gala

 Ilegalmente Bonito


Omar Borkan Al Gala é um jovem fotógrafo e actor, residente, pelo menos até há uns dias, na Arábia Saudita. Mas a sua beleza despertou tanta atenção, que acabou por ser expulso do seu próprio país. 
No início desta semana, ele mais dois homens foram removidos à força de um festival cultural na Arábia Saudita, após a polícia religiosa ter considerado os três homens "muito bonitos"
De acordo com o jornal de língua árabe "Elaph", os três homens foram levados para fora do festival, para um jardim por serem muito bonitos, as autoridades religiosas estavam preocupadas com as visitantes femininas, pois poderiam ficar seduzidas por eles. 

Segundo o jornal britânico "The Independent", com Omar estão outros dois jovens, amigos dele. Os três estavam num festival cultural quando foram detidos pela Comissão de Promoção da Virtude e Prevenção de Vícios da Arábia Saudita. O que estavam os três jovens a fazer para serem detidos?
Nada, apenas espalhavam beleza por onde passavam, o que fez com que fossem considerados uma tentação para o mulherio, que por consequência poderia esquecer toda a moral envolta aos relacionamentos na Arábia Saudita.